Aqui nesse recanto esquecido do mundo, fiquei conhecida como Marie Christine Émilie Deffand, ou mais apropriadamente, Madre Marie Deffand. Porém, de fato, o meu nome é Urtra, a feiticeira do Vale dos Lobos, este verdadeiro nome de cuja pronúncia vem sentindo saudades os meus ouvidos, que estiveram por muito tempo cativos do silêncio sublime.

Signo - Virgem

22/08/2017

Vejo as asas da Virgem no oceano abissal do silêncio, cintilando como estrela de carbono, diamantes e lírios.

Ambiente de marina e temáticas do mar. Local cercado de redes de pesca, âncora, arpão, bóias salva-vidas, quepes de marujos e outros possíveis móveis de navios. Na parte detrás, metade de uma arcada de costelas de uma baleia (material cênico).

Num dia de verão, o Lápis passeava tranqüilamente com a Borracha, sua amiga de longas datas. Eles caminhavam entre os arvoredos de papel picado, sentindo um vento suave que vinha das bandas ensolaradas da margem direita da folha de papel. E por ali admiravam a grama de papel couchê que havia crescido bastante para a época do ano.

Ser Pai

09/08/2017

É uma dádiva chamar o vento por testemunha em alguns momentos.

Signo - Leão

24/07/2017

O ser imerso no barro vivo, dispõe da beleza do brilho original, quando irradia de si a força solar e manifesta da presença do eu. No seu abraço, sentimos-nos aquecidos pelas bençãos da vida.

Alquimia VII

14/07/2017

Do lugar que não conhece limites e onde fronteiras se estendem como cercas abolicionistas, o mar dos seus desejos veio como uma ventania de mil dias.

No ar existia uma espécie de veneno doce e esplêndido, desses que não nos fere, apenas arranha as costas da vida com uma dor que é mais prazer.

Anda na praia da segurança a proteger e protegendo-se. De sua delicadeza, quando temperada de sentimentos íntimos e calmos, nasce os mais suaves perfumes do mundo.

"Absorta em lembranças passadas, nada poderia confirmar aquela dura revelação. Por uns instantes, Cercira, acreditou que não ouviu aquilo, apenas sonhou. Um sonho absurdo e distante de que logo acordaria.

O Druida

01/06/2017

Seu rosto se revelou na superfície lasciva da prece a tentativa humana e metafísica de união. Do que nos separa, a única sombra é a da luz do dia, uma mércia que nos furta da dança das fadas.

O ar majestoso e inquieto que trama o fio da existência no aqui-e-agora, movendo sóis, planetas, acontecimentos, almas, rios, lágrimas e vozes dentro e fora da gente. É o sopro do eterno movimento e do poder da linguagem.

"Conta-se que quem se tornou o príncipe do deserto, antes de conquistar o sonho de sua vida, teve três visões dos homens comuns. E mais uma, a quarta e última experiência. Esta, porém, repetida-se uma centena de vezes de igual maneira.

No longo dia da existência e no último momento antes que as portas das escolhas se fechem é necessário uma dose de coragem e de humildade para a eleição de uma carreira.

Touro - Signo

23/04/2017

A serenidade que visita os amigos nas terras da segurança e do bem-estar. Campos plácidos de girassóis que lembram ao horizonte como deve ser o trabalho das mãos do homem.

O Índio

18/04/2017

Minha gente anda como vento sob os arvoredos, enquanto nossos espíritos percorrem as planíces iluminadas ou as matas replenas de vida. Em nossas corações, pedimos ao Grande Espírito que ao tocarmos o chão com afeto, este se torne mais fértil, pois dessa maneira seremos ainda mais irmãos do povo árvore.

O oceano extraordinário gritou por Cabral e uma jornada entremeada de assombro e fé se iniciou. A coragem nascia para ser consagrada para além das praias lusitanas. Portugal escondia mistérios e também certezas em sua vocação para o mar.

Romance histórico cuja temática assinalada pelo autor procura resgatar e valorizar o contributo feminino no desenvolvimento da história ocidental. Ambientado no ano de 1491, mergulha nas profundezas da Inquisição com uma sutileza de imagens e com um refinamento na utilização da linguagem de época, bem dosada e rica em nuances estilísticas.

O mergulho no lago profundo do existir dilui a escuridão da noite quando o medo foi uma experiência da infância, impura e sábia ao mesmo tempo.

Van Gogh

01/04/2017

A cor que lá está, imatura aos olhos da carne, não alimenta o coração de quem a vê. Então, espera a cor na lentidão das noites sem lua, amanhecer, correr pela tela do pintor e ser da imagem nascida sua alma errante e nua.

Avalon

01/04/2017

Ontem sonhei... sonhei com você atravessando a neblina de Avalon.

Gnomo

27/03/2017

Tomai, tomai vossos ares e escrúpulos; vossos caprichosos cadernos de anotações para que a memória seja visitada diversas vezes. Vim de uma época passada e cheguei ser rei da brisa olorosa do dia.

Signo - Áries

21/03/2017

A primeira luz do amanhecer que toca o sino do eterno presente, a vida que se guia pela certeza da realização. A força de ser um intensamente e de agir com independência.

VARANASI

14/03/2017

Estava em Nova Déli, na Índia, a fim de concluir a pós-graduação em imunologia. Da janela do avião, antes de descer, pude ainda assistir a um espetáculo crepuscular, a luz se perpetuava teimosamente sobre a fímbria do horizonte, lançando sobre aquela parte do firmamento raios vermelho-ocres. Daquela pequena janela o mundo não tinha fronteiras e as...


A poderosa visão rompeu o tapume violento e negro da noite e do tempo. Flores de pétalas negras sob a vastidão velada do desejo tornaram-se vermelhas, tornaram-se alvas.

SEI...

08/03/2017

Sei que a vida é de verdade, e de verdades.

"Há muito tempo nas proximidades do deserto do Saara, um manuscrito antigo foi descoberto em uma caverna. Uma criança o achou acomodado dentro de um vaso de cerâmica, ainda intacto apesar dos anos. Ficou intrigado com a pe­ça e, principalmente, seu conteúdo. Rolos de papiro, todos contidos e protegidos por um alforje roliço de coro. Ele o levou...

"Ctônia ouviu do silêncio sua herança espiritual e se pôs a respirar mais profundamente. Nunca antes sentiu tanto prazer neste ato físico.