Sobre o anjo do trabalho

30/04/2017

No longo dia da existência e no último momento antes que as portas das escolhas se fechem é necessário uma dose de coragem e de humildade para a eleição de uma carreira.

O trabalho determina as vastas experiências de uma pessoa e é a base de toda realização. Porém, as manobras dos sacrifícios, por vezes, são as vozes mais altas das lamúrias no espetáculo de nossas vidas. E não é pra ser assim!

Minha experiência se resume às sombras dos desacertos  e a luminosidade  da superação. Clraro,  estou ciente que com isso se pode dizer algo à respeito.  Mas o que veio a me disciplinar no maior entendimento foi algo inusitado.

Um anjo, certa feita, entre a cidade alta e a cidade baixa do Salvador, disse-me, em meio à multidão ruidosa:

"Garanto que o trabalho é uma maldição e uma benção!"

Fiquei intrigado. Paralizado. O que aquilo poderia significar? Mas me mantive com a única aliança possível, o silêncio. Anjos não gostam de falar muito e muito menos de dar explicações.

Mas para minha surpresa, após uma pausa, que pode ter sido de anos ou de segundos, não sei precisar, ele prosseguiu:

"Ao mesmo tempo, tudo é trabalho! Vive o mundo ou os céus por outro meio? Caso exista, desconheço. Uma escolha adequada é determinante para uma vida completa e separará uma boa jornada de uma desastrosa. A vocação, que é uma experiência de amor, quando unida ao trabalho, que é uma experiência de valor, formam uma justaposição tal que só tem paralelo com a própria divindade!

Carlos França